terça-feira, 8 de setembro de 2009

Ai o P.D.I.!

Quem disse que a adolescência era uma fase complicadíssima, devia ser adolescente. Só podia! dizer uma coisa destas é porque não tinha chegado à "Crise dos 30". Esta sim, é uma fase complicada. É que basicamente não sabemos quem somos. Somos velhos demais para ser jovens, e somos novos demais para ser velhos. Temos coisas que não queremos, e queremos coisas que não temos. Queremos ser adultos, mas só fazemos borradas de moço pequeno. Queremos ser jovens, mas só dizemos o quão velhos somos. Parece contraditório mas para quem está a passar por isso, como os dois leitores deste blog, não é.

Mas nem tudo é mau, já que no meio de toda esta incerteza, lá fazemos uma coisita certa. Mas será que isso anula tudo o que de errado foi feito? Não sei!
Se não contar com as parvoíces que fiz antes, cometi umas valentes asneiradas há bem pouco tempo. Parvalhão, condenei-me, mas não não me inibi de as fazer. Coisas que não lembram ao Diabo e um dos principais culpados foi o orgulho. O orgulho de, quando começo algo, é para ir até ao fim ou, não dependendo só de mim, ir até não dar mesmo mais.
Este tipo de orgulho é, sem dúvida, bom para certas coisas, mas para o que fiz, é imperdoável.
Deu-se o horror graças à impulsividade, o drama instalou-se, mas uma maior tragédia foi evitada devido a terceiros e à calma que acabei por encontrar.

Um outro grave problema que se instalou é a carências de vitaminas, sendo que a incapacidade de concentração e as falhas de memória são os sintomas mais visíveis.
Isto porquê? Não sei! Se fosse uma conversa de café, já me tinha perdido no emaranhado de divagações e, para disfarças, teria de começar a falar de futebol ou do tempo. Mas não é uma conversa de café e, sendo assim, posso sempre ver onde andava.
Nesse caso volto já. É só um momentinho...

--
--
--
--
--
--
--
--
Voltei!! Já li o que tenho estado a escrever e já sei onde ando.
Se vocês, os dois leitores deste blog já cá não estão, fodam-se! Se quando voltarem, não gostarem do que escrevo, deixem uma reclamação e vão à merda!

As falhas de memória, a incerteza, a indecisão, o criticismo (sim, nós trintões, somos muito críticos), etc., provocam uma série de trapalhadas desajustadas, incompreensíveis e, quiçá, imperdoáveis. No entanto, sendo o optimista que sou, creio que um dia a verdade virá ao de cima, e aí poderemos compreender o que foi feito.

Ao longo de todas estas linhas divaguei e não fui directo ao assunto, deixando os dois tristes leitores talvez confusos, talvez irritados. Parece-me que sou mesmo assim. Sempre fui. mas a culpa é da carência de vitaminas. Se quiserem acreditar, acreditem. Se não quiserem, mais uma vez, fodam-se! Talvez ir à merda seja mais interessante e educativo.
Para concluir, escusam de ficar descansados porque, para mal dos vossos pecados e para contribuir para a vossa insanidade mental, eu volto!

3 comentários:

Yavi disse...

se isso te serve de consolo de alguma forma... o orgulho deve ser mal de família... !!!!

mas tamos sempre a tempo de mudar!!!

espero é que já teja tudo bem!!! uowww!!! fikei :|
a vida é bué fodida mesmo!!!
voto que a verdade que falavas venha mesmo ao de cima!!! e o mais cedo possível!!!! ou melhor ainda que já tenha vindo!!! ;) bjnhs enorme!!!!

Ana Pereira disse...

E quais foram as asneiras cometidas? (isso agora...!)
Isso não estará aí um excesso de culpa?
A calma encontrada será real?
O facto da filha já te falar terá a ver com o facto de antes ela não saber falar e não exactamente por perceber ou deixar de perceber complexidades de comportamentos sociais dos tempos modernos?
As pessoas que falam são simpáticas...e quem é essa gente? A mulher do supermercado? E teriam razões para não serem simpáticas?
E não é carência de vitaminas, é cansaço por excesso de má introspecção feita com base em valores morais desajustados.
E eu sou educada porque quero! Porque não tenho razões para nao o ser!...
Confuso? Também eu fiquei :D

Anónimo disse...

No meio de tanta doideira Ana, dizes coisas certas...e não é que para os outros somos sempre bons?? :P lol sim, foi boca :D mas a ou as verdades só irão aparecer pela própria pessoa, não por dizermos... infelizmente!!!
Nilza

Enviar um comentário

Digam Horrores, não nos poupem ao Drama que é a vossa Trágica opinião!