terça-feira, 13 de outubro de 2009

O tempo disse ao tempo que o tempo não tinha tempo

Tenho a cabeça pesada e a latejar, no entanto está a correr a 300 à hora e não sei porquê.
Não bebi cafés a mais que o normal, não tomei nem fumei substâncias ilícitas, não consumi álcool.
Tou eléctrico. Tanta coisa a passar nesta carola: coisas que tenho para dizer a certas e determinadas pessoas; um diploma para ir levantar; uma proposta para ganhar rios de dinheiro (antes fosse) que se baseia fundamentalmente em construir sites dinâmicos, mas em que vou ter muuuuita matéria para assimilar; um site estático para acabar; uma animação em flash para construir; o carro para arranjar; gastar 8 horas no trabalho que me dá um ordenado ao fim do mês; fraldas para mudar; morangos para apanhar (LOL); entre outras soisas que a memória me leva sem pedir licença...
No fim disto tudo, digo: "Éh páh! tenho tido montes de coisas para fazer, não tenho tempo para nada!"
Para além disto, tenho pensamentos, parvoíces, desabafos aqui a gritar para sair, e são tantos que se misturam uns ao outros, acabando numa grande salganhada que nem eu percebo.
Com tanta coisa para pensar, acabo por não fazer nada e fico ainda mais cansado do que se tivesse feito..

3 comentários:

Dario disse...

é mta coisa, para e faz uma de cada vez!

Ana Pereira disse...

Compreendo-te profundamente!
Uns para aí a lamentarem-se e a olhar pro ontem e aqui a malta ocm tanto para fazer!!!! E acabamos por não conseguir fazer....pelo menos do que temos apontado na "agenda"...porque não se aponta na agenda o dia de trabalho, os filhos, as roupas e as comidas, os supermercados...mas faz-se!!! Sem hipóteses de fuga...todos os dias.

ZeNz0r disse...

Cm t percebo maluko... aki deste lado sofro de exactamente o mm. É a casa nova, trabalho, tese, trabalhos extra, casório, xatices, gajas a apaparicar (a dita cuja e a mãe)... um gajo só d pensar nisto tudo vai-s mais um dia e fez-s puto. Lá dá pa uns coments nos blogs, lol :p

Enviar um comentário

Digam Horrores, não nos poupem ao Drama que é a vossa Trágica opinião!