quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Homenagem a quem acha que nada merece...

Algo que me deste no ano de mil novecentos e troca ao passo, e que sempre me tem acompanhado... Vê lá se te lembras disto:

" À prova de bala, quase. Eventualmente"

" A procura nunca termina, ser ou não ser termina sempre por não ser, quando queremos deixar de viver. Morrer não é a solução, viver sem "tesão" é? O mais difícil é ser e ter medo de nunca mais ser amado, para mim é deixar de existir, eu tenho medo disso. A vida é para deixar viver e acabar por morrer, eventualmente. Estou com dificuldade de aprender que isto não é para mim, mas enfim, se doer é porque estou vivo, só isso é razão para continuar a sofrer. O que se pode fazer quando, eventualmente, acontece. Num mundo onde sofrer é sinónimo de viver, mas viver é o que nós fazemos com o sofrimento, a palavra de ordem é o amor, porque tudo é regido pelo amor a algo. Quando me perguntam o que quero ser, fazem-no de forma imperativa. Mas eu já sou, ou não sou? O que respondo? Nada, é de graça. Tem graça, não tem?

Sou à prova de bala, mas acabei por me ferir numa pétala de rosa.

Fim de situação"

Por: Dário Martins

4 comentários:

Dario disse...

Como se diz no FaceBook: "LoLada"!
Não vale usar as minhas coisas contra mim!
Já nem me lembrava que tinha escrito isto!
E não mereço mesmo!

LaraFilipa GV disse...

epá .. yo-joe, não sei a que post é que te estavas a referir xD
e muito menos percebo quantos blogs tens, mas o importante mesmo é escrever =)

LaraFilipa GV disse...

Olá =)
obrigada dário.. espero mesmo que gostes!
não acho que tenha um grande contraste, mas ok =)
***

Mafaldinha disse...

Isto é só para te mostrar que um pequeno pedaço de papel, que já nem te lembravas q tinhas escrito, há pelo menos uns 10 anos, tem andado sempre comigo, e até veio fazer uma "pequena" viagem... e parar onde me encontro agora...
apenas uma pequena demonstração de admiração relativamente à tua pessoa!!

Enviar um comentário

Digam Horrores, não nos poupem ao Drama que é a vossa Trágica opinião!