domingo, 7 de março de 2010

Nunca estive tão longe, ...


...ainda assim, a dor que sinto torna tudo tão real, e, os meus pensamentos, os meus sonhos, desvanecem no fundo de cada copo de whisky, e nem assim, o calor do álcool a descer pela minha garganta, não consegue aquecer o frio que sinto nos ossos. ...







...

2 comentários:

Ana Pereira disse...

Experimenta absinto...!

Anónimo disse...

Esquece o que amas-te no passado, esquece o que no passado foi, porque se no presente já não é bom, é um sinal que deves seguir outro caminho, vira na proxima esquina, e vive o que o presente tem para te dar, ajuda a felicidade acreditar que a mereces, e que vais amar muito, e ai uma nova brisa vai tocar no teu rosto e iras sentir que foste libertado do que esta a prender. Esta preso a um passado que no presente te magoa.
Desejos de muita felicidade...

Enviar um comentário

Digam Horrores, não nos poupem ao Drama que é a vossa Trágica opinião!